Aldeia da Cachoeira das Pedras

A DIRETORIA E AS MULTAS.

Por Diretoria 27/09/2014
Gráfico

O objetivo essencial  do empreendimento privado Aldeia da Cachoeira das Pedras, como todo mundo sabe, é realmente oferecer uma alternativa real à vida das cidades,  que atualmente não satisfaz o mínimo exigido por uma pessoa inteligente, para viver com qualidade.

Para isso, foram criadas normas contratuais  e condominiais que estabelecem claramente as condições obrigatórias de convivência e fruição, tudo de forma bem clara, para que só aderisse quem estivesse realmente interessado.

Ninguém foi obrigado a aderir, da mesma forma que a ninguém é permitido  aderir de mentirinha, desfrutar os  direitos e vantagens e excluir-se das obrigações, como se fosse um privilegiado inatingível. Não é possível cada um ter a sua própria Aldeia.

Este preâmbulo é necessário, pois já não dá mais para ficar repetindo indefinidamente as regras de sossego, silêncio, disposição de lixo, criação de cães, utilização indevida da propriedade, abuso nas portariasdesobediência às normas relativas a convidados.

São 475 casas prontas, 62 em construção e 163 de residência permanente.

Somos maiores que muitas cidades(!), todos os condôminos são adultos e há uma pressuposição, de boa-fé, de que todos querem uma alternativa de vida que faça sentido e que não seja mera repetição da histeria coletiva da cidade grande.

Não dá mais para ficar fazendo gentis advertências didáticas, eis que já lá se vão 34 anos da implantação do Condomínio e já deu tempo para compreender e decidir ficar, respeitando as normas básicas ou,  se não concordar com as limitações, ir procurar outro lugar, onde as regras permitam a cada um fazer o que bem entender, prática que já transformou o Brasil num lugar sem lei, sem respeito e sem qualidade de vida.

Querer que apenas os vizinhos se comportem civilizadamente é inaceitável, e só traz infelicidade, especialmente para aquele que abusa, uma vez que, diferentemente da impunidade generalizada do nosso país, na Aldeia há uma punibilidade real, com aplicação da forte multa de R$3.500,00 (pode ser repetida) e ainda permite outras providências.

Esta não é a correspondência padrão da Aldeia. Mas não é possível continuar a conviver com a abusiva, sistemática e desrespeitosa mania de fazer barulho, de soltar os cachorros na rua, de tratar apenas dos próprios interesses e se esquecer de que a Aldeia é diferente, por uma pequena parcela, e nós vamos apertar o jogo com quem não se enquadrar.

Não há dúvida de que este boletim  vai gerar polêmica. Mas os que estão sendo incomodados precisam de uma resposta rápida e de uma providência eficaz, pois não estão sendo tratados como merecem e não podem esperar que os infratores sejam doutrinados com a gentileza que não dispensam aos outros.

As multas estão sendo aplicadas e as já aplicadas e ainda não pagas serão cobradas judicialmente, a partir da semana que vem.

Quem tem que ficar incomodado é quem descumpre as obrigações, que – é sempre importante relembrar - foram assumidas consciente e voluntariamente.

Mais uma vez, encarecemos a importância de se adaptar ao interesse coletivo, como única forma de manter qualidade de vida e ter, na Aldeia, um lugar especial.

Agradecemos  a compreensão e enviamos um abraço.

A Diretoria.

Localização

Exibir mapa apliado

Lagoa Tuiuca, 888,
Casa Branca - Brumadinho
Minas Gerais - 35460-000

2020 © Aldeia da Cachoeira das Pedras